Linka-te

Video Clip da Semana : Girl Interrupted

Clip de um grande filme, com uma interpretação fulgurante de Angelina Jolie e uma soberba banda sonora

quarta-feira, 28 de Setembro de 2011

A Pesca Tradicional Vrs Pesca Moderna

A Pesca é uma actividade económica do Sector Primário baseada na captura ou produção de espécies aquáticas, destinada à alimentação humana, animal ou como fonte de matérias-primas.
Podem-se distinguir dois tipos de Pesca:
Pesca Tradicional:
- Técnicas rudimentares
- Reduzidas capturas
- Pequenas embarcações

- Águas costeiras
- Curta duração da faina
- Autoconsumo ou mercado local
Pesca Moderna:
- Técnicas avançadas (exp. sonares)
- Grandes Capturas
- Grandes embarcações
- ZEE e Águas internacionais
- Média e longa duração (vários meses)
- Mercado Nacional, Mundial e indústria transformadora
Consequências da Pesca Moderna/Comercial:

a)Desiquilíbrios das cadeias alimentares dos oceanos (Pirâmides Ecológicas)
b) Extinção de espécies
c) Delapidação de stocks

Factores naturais que condicionam a pesca:
1- Temperatura e salinidade da água
2- Correntes marítimas
3- Upwelling
4- Extensão da plataforma continental
A preservação dos recursos marinhos depende das boas práticas de pesca em respeito por princípios ambientais fundamentais:
- Definição de áreas protegidas
- Cumprimento dos períodos de defeso
- Não captura de espécies em risco
- Alargamento das malhas das redes
- Aumento da produção em aquacultura
Para se consolidar e desenvolver  esta informação pode-se clicar  aqui ou no Título desta mensagem


Desafio para os 9º Anos da Esc. Sec de Mira: A Pesca de Arrasto devia ou não ser proibida? Porquê?  (Indicar no comentário o nome, nº e turma. As melhores respostas serão publicadas)

16 comentários:

Filipe nº5 9ºD disse...

Devia ser proibida,porque as redes sendo muito grossas o que impossibilita que os peixes juvenis saiam para haver continuidade da espécie.

Filipe nº5 9ºD disse...

Devia ser proibida,porque as redes são muito grossas o que impossibilita que os peixes juvenis saiam para haver continuidade da espécie.

Nuno Lima Nº23 9ºD disse...

a pesca tradicional e muito usada em pessoas que pescam por gosto, a pesca moderna e mais pensada usam se tecnicas mais favoraveis para apanhar peixe sem muito esforço e em grandes comtidades.

Santiago Veríssimo 9ºD nº18 disse...

Por um lado sim, pois as pescas de arrasto capturam enormes quantidades de peixe, o que vai, a longo prazo, provocar a extinção de algumas espécies. Por outro lado não, pois são a forma de sustento de um grande conjunto de pessoas e sem a pesca de arrasto, não haveria peixe suficiente para fornecer um país como o nosso.

Anónimo disse...

é magnífico ser o segundo maior aquário do mundo....tantos peixes, tantas raias, tantos peixes de espécies em vias de extinção, os mergulhadores....as pessoas bem tentam chamar a atenção dos animais mas não conseguem, acham os peixes magníficos mas neste caso os peixes ignoram-nas ...é incrível como a pesca pode trazer seres vivos destes para nós podermos apreciar.

Nádia Neto nº16 do 9ºC

Anónimo disse...

a pesca de arrasto deveria ser proibida porque são muito perigosas, para a conservação das espécies de piscícolas, dado ao seu uso pode até conduzir à extinção de vários peixes. ana rita fresco nº6 9ºC

Anónimo disse...

Devia ser proibeida, porque a pesca de arrasto consiste no arrastamento de gigantescas redes lastradas, ao longo do fundo do mar. Grandes placas metálicas e rodas de borracha presas a essas redes movem-se ao longo do fundo e esmagam praticamente tudo no seu caminho. As formas de vida de águas profundas são muito lentas na recuperação de tais danos, demorando de dezenas a centenas de anos a conseguir fazê-lo.


Rafael Baptista nº18 9ºC
2011/2012

Ana Lúcia, nº4, 9ºC disse...

Sim, devia porque com a tecnica de arrasto são pescadas especies que estão em vias de extinção e, também, porque destroi os oceanos.

Ana Lúcia, nº4, 9ºC

Anónimo disse...

A pesca se arrastao ou de arrasto devia ser proibida porque assim os peixes que estao a estinguir nao acabam e assim podem se reproduzer novamente por isso as redes deviam ser mai largas para os peixes mais pequenos se reprodozirem.
Gonçalo Gabriel da Costa Silva nº12 9ºC.

Anónimo disse...

A pesca de arrasto devia ser proibida, porque o aumento das capturas é maior do que a capacidade de regeneração das espécies o que levou a uma sobrepesca.
Provocando a redução dos stocks, hoje alguns peixes como os cardumes tem uma reduzida capacidade de regeneração o que leva á extinção de algumas espécies ou a algumas espécies ficarem em vias de extinção.




Ana Tarenta 9ºC Nº8

Anónimo disse...

No vídeo, reparei que no aquário, existiam várias espécies marinhas , espécies essas que podem estar em vias de extinção e que haviam muitos adultos e crianças a observar e a fotografar os peixes.
Se as espécies que estão no aquário, forem espécies que estejam em vias de extinção, ou seja, se estiverem no aquário já não estão tão em perigo de serem pescadas e também já não estão tão em perigo para vias de extinção.

Realizado por: Ana Filipa Trinco nº3 9ºC.

Anónimo disse...

Sim. A pesca de arrasto devia ser proibida, pois as redes se são utilizadas para esse fim, são muito apertadas, logo apanham todos os ser vivos, sem deixar praticamente nenhum para se reproduzirem.

Ana Ribeiro, N.º5, 9.ºC

Anónimo disse...

A pesca de arrasto consiste no arrastamento de gigantescas redes, ao longo do fundo do mar a uma velocidade que permita que os peixes, crustáceos ou outro tipo de pescado, sejam retidos dentro da rede. Grandes placas metálicas e rodas de borracha presas a essas redes movem-se ao longo do fundo e esmagam praticamente tudo no seu caminho (corais, esponjas e outros organismos vivos do fundo do mar). Além disso leva várias outras espécies á extinção mediante ,por exemplo, o uso de malhas excessivamente finas, o que impede que os peixes juvenis possam escapar à captura.
A pesca de arrasto, que é feita a grandes profundidades, tem limitações nos países onde é autorizada e alguns países já a proibiram.
No entanto, na minha opinião, a pesca de arrasto devia ser proibida por todos os países pois vai destruir as espécies de águas profundas antes de sequer termos descoberto muitas das que existem e provocar a extinção de imensas espécies marinhas.

Mafalda Griné nº15 9ºC

Raquel Ferreira Lecoq disse...

Raquel Lecoq Nº 16 9ºD
A Pesca do Arrasto devia ser proibida, pois ao pescar/arrastar não estão só a pescar as espécies que querem mas também acabam por pescar todo aquilo que esta no mar, ou seja, peixes em desenvolvimento, peixes em extinção, algas peixes proibidos de pescar (tartarugas) e até mesmo resíduos.

franciscoleal disse...

Olá a todos e obrigado pelas vossas participações. Todos os comentários foram registados na minha grelha de observação. Acho que os melhores comentários foram os do Santiago, da Raquel, da Ana T.,do Rafael e da Mafalda. Destaco em particular o da Mafalda, pelo facto de ter sido um dos mais completos e abrangentes. Continua a haver uma significativa diferença a nível da participação entre as turmas do 9ºC e 9ºD. Onde anda o pessoal do 9ºD? A partir de agora vamos contar tb com a participaçãp dos alunos da professora Dolores Lopes. esperamos por vocês. Bom trabalho e um bom ano geográfico.

Ana nº1 9ºC disse...

Na minha opinião, a pesca de arrasto devia ser proibida porque para além do facto de prejudicar os oceanos, também impossibilita o crescimento dos pequenos peixes devido á sua pesca precose por não haver seleção de espécies e tamanhos e ainda o aumento da extinção de espécies, devido a capturas das espécies raras, por vezes acidentalmente, mas incontornáveis.

Ana Milheirão nº1 9ºC